sábado, 23 de março de 2013

Por quê ?






Bom Dia e um Bom FDS !!!!!

Por quê ?

Quando ando calado e pensante, avante Eu vou !
Para quê ?
Chega em um certo momento e Me pergunto, para onde e por quê ?
E vejo que uma penumbra envolta encontra-se em meu ser pois não consigo enxergar, sentir ou até ouvir sendo conduzido a vontade que sei não ser minha mais não consigo impor a minha voltando sempre a este ponto .
Por quê ?
Por ser quem e como sou, Eu vou, há, Eu vou !
E infeliz daquele que Me proporciona esta amargura deixando-Me atordoado . Mais a força que ascende de meu interior principalmente nas horas críticas, vencer Ela Me encaminhará e invés de perguntar, vou responder .
Por que .

JB

O sonho é o infinito do pensamento, onde estamos lúcidos em conquistar o impossível.
    
Gleaser


Já nem o Mal se Sente Bem

Maquiavel imaginou o mal a dar o recado.
Mal por todo o lado, bem espalhado, bem  semeado.
Os frutos deviam ser o próprio mal a acontecer.

 Um reino nada encantado, máscaras por todo o lado,
 Um reino mascarado.
 Uma escada feita de ossadas de gente que sucumbiu.
 Cadáveres e mais cadáveres foram construindo a escada por onde o mal subiu.

  E Maquiavel  riu, riu da pobre humanidade.
  Enquanto ria dizia: quanta insanidade!
  O mundo foi piorando, Maquiavel já não ri mais.
  Já não consegue se divertir em meio a tantos ais.

   O seu reino entrou em desalinho.
   Não há canto neste mundo que se mostre um lugar seguro para refazer o seu ninho.
   A Terra não é mais o Planeta que escolheu para chamar de seu.
   Virou terra de ninguém, aqui já nem o mal se sente bem.

    A dor, a morte, a triste sorte criaram outras criaturas  que resistem às amarguras.
    A miséria, a dor, o desconforto, o mau cheiro do esgoto já não as afetam mais.
    A morte acontece nas sarjetas, não dentro dos hospitais.
    Maquiavel perdeu o trono, este mundo está sem dono.

                                                                        
Lita Moniz


Beijões e Abrações .

Nenhum comentário:

PAZ .

PAZ .

Horloge numérique / digitale