sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

A Naturalidade .






Bom Dia e um Extraordinário FDS !!!!!

A Naturalidade .

Ao caminhar de dia,
rumo a minha rotina e ao esperar a condução,
deparei-me com a Naturalidade .
Tão simples e humilde,
a doçura da coisa em si anima-me dando cor a meu dia suscitado e a minha aquarela onde reconheço que é de tão pouco que necessitamos e estardalhaço fazemos .
Poderíamos ser Felizes só em permitirmos que nossos seres dessem um sorriso,
o qual ao encontro,
a animação feita seria,
tornando tudo em Felicidade .
Seja Feliz,
sorria e mesmo que as adversidades lhe atormentem,
procure sorrir e aos poucos verás que quebrando a muralha estarás proporcionando a si a Felicidade,
a qual suscitado fui acima através da garotinha no colo da Mãe que Me vendo sorrindo se pois deixando-Me Feliz por sentir que alguma coisa proporcionei a aquela doçura para que com um sorriso Me presenteasse engrandecendo o meu dia .

JB



No mercado de trabalho três coisas podem te acontecer: Ser reconhecido pelo o que faz; Ser o melhor no que faz; Ou ganhar dinheiro; Cansei de ser o melhor no que faço, agora quero é ganhar dinheiro, o problema é que para isso teria que ser um crápula, incompetente puxa saco do alta escalão, o que vai contra meus princípios e agora o que fazer? Eis um homem entre a espada.

Renato Alves Cavalcante


Não Sei II

Não sei, e se soubesse não o diria.
Quem é que acreditaria.
Acreditam nas instituições, sejam quais forem as lições.

Sou  pagã até ao fundo do meu espírito.
Quem me mostrou que sabem amar foram as borboletas
Querendo em meus braços pousar.

Pássaros a me desafiar para que eu aprendesse com
eles a voar.
Flores de mil cores.

Ai! Minha alma perfumista aspirava odores típicos daquelas cores.
Como abelhas fazem mel, queria um destilador para extrair  e
Guardar o perfume de cada flor.

O verde das matas, a água caindo em cascatas, correndo, correndo
Querendo chegar ao mar.
Sabem bem que é ali um bom lugar para descansar.

O vento não volta ao passado.
Não se fica no pecado.
Não  leva consigo nada que torne o fardo pesado.

O sol! Sede do amor maior. Quem o faz brilhar?
Como será o gerador de tanta luz?
Ou serão vários geradores, várias irradiações,

Que  em algum ponto do Universo se fundem com intrínseca
intenção: abraçar a Terra inteira, ser pão da vida, cálice da
da salvação para os filhos de Deus que vivem na tribulação.


Lita Moniz


Beijões e Abrações .

Nenhum comentário:

PAZ .

PAZ .

Horloge numérique / digitale