terça-feira, 9 de março de 2010

O medo .


Bom Dia !!!!!

Procure se aperceber do descrito e tire alguma ou algo de produtivo, de exemplo, de informação para que posas prosseguir deixando o mesmo de lado e para traz não o deixando influenciar em suas atitudes ou decisões assim podendo ter uma vida mais livre e conseqüentemente mais feliz .

JB

Quando alguém começar a lhe agredir verbalmente, não interrompa. Verá que a agressão se esvazia por si mesmo.

Paulo Coelho

A Cor do Medo

O medo é um sentimento no nômade,
no sedentário, hereditário.
Quando chegou não sei, mas dá para
perceber que chegou para proteger.

No medo nos criamos.
No medo nos educamos.
No medo nos alimentamos.
No medo nos policiamos.

O medo é um estado de alerta.
Uma campainha a soar.
Olhe! Pare! Pense onde tudo
isto vai dar.

O medo é o policial interno, o
Guarda de trânsito a apitar.
Avance agora!
Está na hora de parar!

Até parece verdade sob o domínio
do medo chegar à felicidade.
O medo não veio para consolar.
Traz no bojo a realidade.

Mata sonhos, fantasias, acaba com
as utopias.
Quando até nos parece que há um Deus
Que em nós cresce.

Chega o medo a nos dizer.
És um Deus atrelado a um corpo a
apodrecer , a um ser que nunca há de
ser, a um medo a crescer.

Medo de envelhecer.
Medo de ficar enrugado, desfigurado,
triste de se ver.
Medo de enlouquecer.

Então qual é a premissa?
O que o nosso medo diz?
Nunca serás perfeito.
Nunca serás feliz.

Lita Moniz

Beijões e Abrações .



Nenhum comentário:

PAZ .

PAZ .

Horloge numérique / digitale