terça-feira, 26 de outubro de 2010

Botando pra fora !


Bom Dia !!!!!

Nosso Pais continua na obscuridade e todos os que comandam ou omissos ficam contribuem pela falta do básico, como Educação, Saúde e Segurança que do Oiapoque até o Chuí reinam amedrontando e pior, aprisionando o Cidadão cumpridor de seus deveres e obrigações em seus lares, em suas casas .
Sei por não ser político que deixarão de agradar gregos e troianos cumprindo com o mínimo de suas obrigações mais chegando a um ponto crítico estamos, que poderá nos levar, quem sabe, até a uma revolução pois a guerrilha urbana já existe e é chato dizer mais a Cidade Maravilhosa é a Nº 01 com a bandidagem mais bem equipada belicamente que a Polícia os hospitais, o que é isso ? Sim, praticamente não existem pois se os postos de saúde que deveriam fazer o básico nos bairros e comunidades reduzindo o êxodo aos hospitais digamos para se tomar uma aspirina por uma dor de cabeça não funcionam adequadamente e com isso superlotando os hospitais de porte pequeno que por sí acabam entupindo os de porte grande os pontos principais são falta de aparelhagem, medicação e de funcionarios em seus devidos lugares e além de contratar saber remanejar os que tem duramente pois o funcionário público se acha Intangíveis, e já na educação onde é a base de tudo pois com a mesma mais fácil seria obter-se tudo, mais é cada vez mais vergonhoso com falta de material, de professores as escolas entregues as baratas e o nível dos professores cada vez mais precário quando nada digamos que a ordem é aprovar todo mundo e a agressão entre eles e até aos proficionais é cada veis mais constante provocando o abandono de muitos . O menor, deve sim ser respeitado mais endeusado, nunca, e é o que está sendo feito provocando a anarquia no geral pois muitos responsáveis pela área não sabem, NÃO SABEM analisar o provocado com menores passando a não porcima deixando-o impune . Fique com Deus .

JB

Para o coração, não existe nada pequeno.

Jean Pierre Labouisse-Rochefort


Quando Quis Ser

Quando quis ser não era.
Queria, mas não podia.
Agora posso e não quero.

Aprendi com a idade que ser
feliz de verdade passa pelo despir.

Tirar da alma aquelas vestes que
me andavam a consumir.

Tirar da mente a condição da
Terceira Dimensão.

Ser é ir onde ninguém foi.
Chegar onde ninguém chegou.

Ser Camões a pedir esmola em
Moçambique.

E quem lha dava sabia que
“ servia o vencedor”

Que andava a ajudar o rei do
Reino de Além-Dor.

Lita Moniz

Beijões e Abrações .

Nenhum comentário:

PAZ .

PAZ .

Horloge numérique / digitale