segunda-feira, 20 de junho de 2011

Ceda hoje, para amanhã ser recompensado .




Boa Semana !!!!!

Procure aproveitar todos os momentos de sua vida e independente da aparência, fé tenhas que sempre melhorar vai e isso, só depende de Você mesmo querer e dar início para isso, pois fique sabendo que muitos, muitos mesmo não teem essa oportunidade de escolher, de optar por um modo de viver .
Procure abrir seus olhos e ser mais flexível pois as vezes perdemos ou melhor, cedemos hoje para amanhã recebermos mais e em dobro  por isso tenha Paciência que serás recompensado por tudo o que fazes .

JB

Viver num mundo sem tomar consciência do significado do mundo, é
como vagar por uma imensa biblioteca sem tocar os livros...

Dan Brown

CHORO DA CAMINHADA

Andava eu por uma rua em que crianças brincavam. A tarde era cinzenta e um vento frio "passava" condensando o panorama. Vi crianças. Olhei as brincadeiras. A medida em que andava, mais me aproximava do grupo. De repente uma das crianças, uma menina, que a meu ver não tinha dez anos, parou a brincadeira fez um movimento de dança sensual, e gritou "Bota mais... Bota mais..." num ritmo disseminado como "cultura" pelas redes de comunicação. Confesso que fiquei chocado olhando aquela figurinha magra naqueles movimentos tão brutos. Ainda me "recuperava" da cena quando uma coleguinha do mesmo grupo passou a cantar palavrões que não posso mencionar nestas linhas. Aos poucos todos se juntaram na dança e na musica.
Parei por alguns instantes e vi como a inocência era aos poucos, arrancada daquelas crianças.
Chorei com a alma,porém continuei a caminhada que chega até aqui neste texto e a questões que precisam ser respondidas: O que houve com a infância? Não existe mais? Por que aceitamos a sexualização das crianças sem nada fazer? Por que a família abriu mão do direito legal de colocar limites na formação dos filhos? O que será destas vidas num futuro próximo?
Confesso que não tenho as respostas, mas o choro de minha alma insiste em molhar os passos da minha caminhada até agora.
Por ultimo: Por que nos tornamos expectadores da existência? Em nome do quê?
O resultados estão aí para quem quer abrir os olhos.
Porém, não concluo este texto... Deixo para reflexão individual...

Ubirajara Oliveira


Beijões e Abrações .

Nenhum comentário:

PAZ .

PAZ .

Horloge numérique / digitale