terça-feira, 10 de abril de 2012

Permita-Me .


Bom Dia !!!!!

Permita-Me .

Óh Deusa da benevolência abençoai-Me com sua complacência permitindo que possa Eu um reles ser insípido Amar .
Pois já que Amado nunca serei, pois vergonhoso e infame sou, contempla-Me com sua caridade deixando que Amar Eu possa e lá no tantanzinho do final de tudo que se pensar possa, Eu encontre um pouquinho de Felicidade .

JB

Mas não se engane com uma face, afinal uma capa de livro pode ser linda, porém com uma história lamentável.

Pontes  Raphael Pontes


Eu não sonhei!...

É preciso ser machucado para compreender!... É preciso sofrer para ter a certeza do impossível!... Se não posso compartilhar os seus momentos é melhor que eu me vá, se não posso passar perto de você é melhor que eu não cruze o seu caminho, se não posso mais te ver é melhor que eu procure sumir da sua vida, se eu não posso gostar de você é melhor que eu finja que você não existe... Resta-me saber se vou conseguir tudo isso, se na verdade vivo a sonhar com você, a minha mente clama a sua presença e os meus caminhos acabam cruzando com os seus, os meus olhos insistem em te seguir e pra minha tristeza só sabem te admirar, o meu pobre coração parece não suportar a sua ausência e constantemente chama por você... É difícil e complicado, mais não me resta alternativa, entendi que o meu amor por você foi o promissor de uma dor maldita, de uma revolta sem fim que com o seu capricho conseguiu me torturar e me tornar dependente de você... Esse amor é o responsável por transformar meus sonhos em pesadelos, incinerar a minha alegria e me dar a certeza de que aqui nestas condições não tenho como viver, vou em busca de um isolamento que talvez possa me afastar de você e quem sabe me dar oportunidades de sofrer menos e não presenciar a sua rejeição, a sua indiferença e o seu desprezo... Não existe sofrimento maior do que aquele que vem da exclusão da mulher amada, não existe um desengano maior do que a desilusão de uma esperança, não existe uma discriminação maior do que aquela que te faz sentir que você não existe, não é ninguém e até a sua amizade não tem importância para a mulher que você ama...
“Não!... Eu não sonhei!... Eu vivi momentos que com o passar dos anos contribuiu para com o crescimento desse amor... E, enquanto ele era vivido só por mim, ele teve vida, porém, quando resolvi declara-lo ele foi atropelado...”
Zé Moreira


Beijões e Abrações .

Nenhum comentário:

PAZ .

PAZ .

Horloge numérique / digitale