quinta-feira, 4 de abril de 2013

Democracia, cadê Você ?????






Bom Dia !!!!!

Democracia, cadê Você ?????

Povão, que por muito tempo cobrado, oprimido e humilhado foi, cadê Você ? Comodismo ou Preguiça mesmo ?
Ou tomamos uma atitude agora, ou corremos o risco de aprisionados para sempre ficarmos .
É duro mais reclamamos, com a ditadura estes reclamantes ai, muitos nem nascidos eram mais garanto que nem em pensamento ousariam questionar o determinado . Moral da estória, COVARDIA é o nome, pois hoje reclama-se de tudo e todos mais fazer que é bom, a grande maioria nem ai está pois incomodar irá e como o Brasileiro em sua grande maioria comodista é ( relaxado ) e vai fazendo vista grossa quando consigo não é o problema e por medo não cobrar seus direitos a quem de Fato tem que os proporcionar vai e sempre formamos o ciclo e pergunto cadê e CIDADANIA ? Escola, Hospital, Segurança, Lazer, e por ai a fora, onde estão as peças desta máquina chamada Governo ?
Aqui fico e se interesse alguém tiver ouvido sou .

JB

Todo recomeçar e toda mudança que queremos na vida, começa em nós mesmos. Se não acreditarmos nisso, tudo o que queremos mudar e recomeçar, pode não dar certo.

Alencar De Castro



Quantas Luas

Sete luas da loucura.
Sete pecados capitais.
Sete sentenças de morte,
Como se já não bastasse
aquela com que se nasce.

O tempo foi o culpado.
Junto com o triste fado.
E a loucura a decretar:
Isto  pode, aquilo  não.
É pecado.

A primeira intenção nem
Sequer chega perto do portão.
Veio para servir ao homem,
Não para servir à nação, muito
menos à instituição.

Que igreja era aquela que Cristo
Mandou Pedro erguer.
Pedro é pedra, achou que Cristo
o mandou  templos de pedra
fazer.

Começou a confusão, templos de
pedra são obras, a base da instituição.
Os obreiros tão empolgados vão
Que nem percebem que servem
à segunda intenção.

Cristo não construiu nada.
Não tinha sequer um teto que pudesse
chamar de seu. O que mais temia era que
chegasse  o dia em  que os seus  seguidores
dissessem isto  é meu, aquilo é teu.

O meu reino não é aqui.
Ao dizer isto sabia a qual reino pertencia.
Era o último patamar.   Cada ser celestial é
matéria incandescente a irradiar energia
que cria, restaura e cura toda a criatura.

O templo a que se referia éramos nós, filhos
de Deus, por isso nos chamava de irmãos.
Nos pedia união, um ao outro socorrendo, ajudando,
dando as mãos. Uma grande fraternidade espalhada
pelo mundo inteiro, guiada por aquele luzeiro.


Lita Moniz



Beijões e Abrações .

Nenhum comentário:

PAZ .

PAZ .

Horloge numérique / digitale