quarta-feira, 11 de maio de 2011

Quero encontra o meu querer .




Boa Noite !!!!!

Fala-se tudo e de tudo um pouco, mais tens certeza do que queres ?
Já procurou ver dentro de Você se por ventura o que queres existe ?
E se existe, se já desfrutastes ou contigo está e não das conta disso ?
Pare, e procure aspirar e espirar devagar bem lentamente e encontrando o equilíbrio restaure a harmonia que por algum motivo se deixou abalar .
E já dentro da razão com tudo restaurado encontre  o seu querer pois valores, felicidade, tudo isso as vezes conosco está e a nossa ignorância nos impede de enxergar conseqüentemente de desfrutar das mesmas e é por isso que temos que ter a simplicidade para que possamos abrir mão de coisas que não queremos, que não temos necessidade de ter e muitas coisas temos como dividir e até doar pois a confraternização nos ajuda muito pois hoje é o outro mais amanhã, poderá ser Você e sem interesse ou obrigação a espontaneidade, a vinda de dentro do coração, essa, é a que nos faz bem, limpando o nosso espírito, a nossa alma, e assim nos deixando realizados para a vida .
Vamos viver e o pouco que faças por alguém já é muito para o seu currículo .

JB
 
Não podemos lembrar do que não foi feito; por isso é bom fazer-mos alguma coisa, do contrário não existirá nenhum registro sobre nossa passagem nesta vida...

José Eloi Nascimento Dos Santos

Conformar-se

Conformar-se é deixar-se levar
pela tendência, sem resistência.
É deixar acontecer por medo de
se envolver.
Que lógica subjaz atrás desta
forma de ser?
É a lógica do viva e deixe viver?
Não deve ser. É a lógica do poder.
É mais, é saber que o vencedor é
o maior derrotado.
Volta da guerra, por dentro e por
fora, roto, esfarrapado.
É a dor do herói, que o corrói.
A glória, a vitória, esta satisfação,
é também conformar-se.
Cheguei , vi e venci.
Júlio César disse um dia em profunda
agonia. Sabia, e como sabia, aonde
tudo aquilo iria dar. O Império Romano
começava ali a se esfacelar.
Quem vence aqui realmente?
Para já não há vencedores.
Somos seres em construção a caminho
da evolução.
Vencer agora deve ser ajudar o irmão a
se levantar.
Dar de comer a quem tem fome, dar de
beber a quem tem sede.
Ir além, fazer o bem sem olhar a quem.
Ver ali, diante de si, a sua imagem e
semelhança.
Quebrar a distância.
És tu ali, sem pão, sem razão.
Excluído, jogado ao chão.
Pode até ser o filho pródigo querendo tocar
o teu coração.
Oferece-lhe um banquete, estende-lhe a mão.

Lita Moniz


Beijões e Abrações .

Nenhum comentário:

PAZ .

PAZ .

Horloge numérique / digitale